Método de aprendizagem microlearning tem ganhado espaço em grandes corporações porque aumenta a taxa de participação e a retenção de conhecimento. Leia mais no conteúdo abaixo!

Método de aprendizagem baseado em treinamentos curtos e em formato interativo, o microlearning aumenta a taxa de participação dos alunos e a retenção de conhecimento.

Essa combinação de fatores é uma das principais razões, segundo especialistas, para esse novo jeito de ensinar estar no centro da transformação das metodologias usadas por grandes corporações e outras organizações para capacitação de empreendedores, microempresários, cooperados, alunos ou associados.

A solução consiste em sintetizar e fragmentar os assuntos em vídeos, podcasts, tutoriais, quizzes, jogos e infográficos, para que possam ser consumidos e assi­milados de forma rápida.

Microlearning: entregando educação corporativa na medida certa

Case de sucesso: Microlearning como estratégia de capacitação para força de vendas

“Como esses conteúdos podem ser acessados por meio de dispositivos móveis, como o celular, dá para estudar no ônibus, no metrô, enquanto aguarda na fila do banco e, até mesmo, nas pausas para o café”, enumera Sueli Andrade, especialista em EdTech no DOT Digital Group.

Não é à toa que essa forma de disseminação de conhecimento, mais modular e em multiformatos, desponta como a favorita na emergente Economia 4.0 — que compreende o desenvolvimento de soluções para questões da vida em sociedade, por meio de tecnologias que provocam rupturas nos padrões, modelos e tecnologias estabelecidos no mercado.

Microlearning é um método de aprendizagem altamente personalizável

Uma pesquisa publicada em 2018 no International Journal of Educational Research Review comparou os resultados da aprendizagem de dois grupos de jovens alunos.

Quem usou microlearning apresentou performance 18% melhor do que aqueles que tiveram acesso ao conteúdo da maneira tradicional.

Segundo os pesquisadores, o conhecimento adquirido de maneira compartimentada tende a permanecer na memória por períodos mais longos.

“Microlearning é um dos métodos mais úteis para incorporar ao treinamento corporativo porque é altamente personalizável, facilmente consumível e contribui para um melhor engajamento”, resume Sueli.

Por que adotar o microlearning em seus programas educacionais e de treinamento?

  1. Melhora a retenção de conhecimento

Microlearning é uma metodologia de entrega de informações altamente otimizada. Pesquisas descobriram que os humanos são mais capazes de apreender, reter e usar o conhecimento facilmente se ele for repetido ao longo do tempo, em intervalos espaçados, melhorando, portanto, a recuperação e a memória da informação.

  1. Ajuda a introduzir conceitos complexos

Módulos de conteúdo altamente técnicos podem exigir um treinamento extensivo. O microlearning é uma boa maneira de introduzir conceitos complexos em módulos curtos e gerenciáveis e depois pedir aos alunos que revisem os pontos-chave.

  1. Aumenta o engajamento

Microlearning oferece mais flexibilidade do que os métodos tradicionais de treinamento. Com a diminuição da capacidade de atenção, devido ao ritmo acelerado da sociedade da Internet em que vivemos, esse formato de aprendizagem  em blocos e pequenos fragmentos  é uma das melhores maneiras de consumir informações de maneira eficiente, reduzindo o tédio.

  1. Ideal para treinamentos sobre novos produtos e serviços

O aprendizado compacto é uma técnica excelente para membros da equipe que precisam ser integrados rapidamente para um novo produto / serviço, tecnologia ou apenas para novos funcionários. Com o microlearning, os módulos de treinamento podem ser criados, enviados e utilizados rapidamente, para que a produtividade do negócio não seja prejudicada de forma alguma.

  1. Atende às necessidades da geração Millennium

Ele atende às necessidades da geração do milênio, que busca  progredir na carreira rapidamente, apesar de ter períodos de atenção menores do que profissionais de outras gerações Ao mesmo tempo, o microlearning  incentiva um melhor envolvimento no desenvolvimento profissional em geral.

  1. Personaliza o conteúdo

O microlearning também oferece conteúdo personalizado sob medida e módulos recomendados, para uma aprendizagem mais autodirigida. É possível acessar os conteúdos em seu próprio ritmo, inclusive  em seu horário de lazer e no dispositivo que achar mais adequado, seja ele um notebook ou celular. Os gerentes de recursos humanos podem monitorar a interação e o desempenho para consideração no preenchimento de vagas nas equipes, antes de buscar talentos fora da corporação.

  1. Custo-benefício

Quando usado em conjunto com outras estratégias de aprendizagem, o microlearning pode contribuir para um ambiente de trabalho mais inteligente, juntamente com a redução do tempo e de custos de treinamento, sem comprometer a relevância e o valor da capacitação.

(Reprodução de release produzido pela assessoria de imprensa Dialetto).