[Na mídia] DOT digital group comemora participação na CIIE e avanços no projeto de internacionalização

dot digital group

Brasília – Ampliar a internacionalização da empresa e expandir a rede de negócios no exterior é uma das principais metas do DOT digital group e foi com esse objetivo que o fundador e CEO da empresa, Luiz Alberto Ferla, participou de 5 a 10 de novembro, em Xangai, da Exposição Internacional de Importações (CIIE em inglês), com um stopover em Dubai, onde manteve uma série de contatos visando apresentar a empresa e seus produtos aos empresários e representantes governamentais dos Emirados Árabes Unidos.

Em sua avaliação sobre a participação na maior exposição internacional de importações já realizada em todo o mundo, Luiz Alberto Ferla disse que a missão permitiu complementar e expandir a estratégia de internacionalização da empresa na Ásia e na China em especial: “mantivemos muitos contatos em nosso estande com dirigentes de empresas dos mais diversos países e eles manifestaram muito interesse em nossa plataforma para experiência de aprendizado StudiOn e Pronto, a nossa plataforma mobile baseada em microlearning, ambas lançadas recentemente no mercado. Além da presença no estande, participamos de várias reuniões agendadas pelo Bank of China com empresas chinesas e mantivemos dezenas de novos contatos om clientes potenciais. Em resumo, valeu muito a pena participar”.

Segundo o CEO do DOT digital group, “trouxemos para o Brasil muitos contatos importantes e parcerias que podem ser iniciadas em breve. Entendemos que temos muito a agregar ao mercado chinês. As soluções e tecnologias que oferecemos têm muita sinergia com as demandas desse país, que segue em crescimento acelerado. Considero nossa participação na CIIE engrandecedora. Desde a chegada no aeroporto através das novas tecnologias de reconhecimento facial e digital, a coleta de dados e o controle e organização de milhões de  pessoas, tudo impressiona. A magnitude da CIIE 2018 foi impressionante pela sua organização, disciplina no controle de segurança e logística, facilidade de acesso, apesar dos milhares de participantes diariamente. Uma das lições que aprendemos foi que o mundo está mudando numa velocidade muito grande e a China é hoje o maior mercado em um mundo em transformação. Tudo isso nos faz pensar sobre como podemos melhorar o Brasil e o mundo por meio da educação”.

Luiz Alberto Ferla descreve com entusiasmo os avanços alcançados pelo DOT digital group visando a internacionalização da empresa: “nós já temos clientes na Amércia Latina, na Inglaterra e em Portugal, onde estruturamos uma filial para atender a Europa. Com a participação na CIIE, tivemos a oportunidade de fazer um stopover em Dubai, na semana anterior à feira e com essa parada pudemos iniciar negociações nos Emirados Árabes Unidos (EAU), que será o nosso hub para vários países do Oriente Médio e da África”.

O empresario esteve também em Hong Kong, Shenzhen (China) e em Singapura e segundo ele “tivemos sucesso na realização de muitos bons contatos que certamente trarão bons resultados em curto e médio prazos, reforçando nossa estratégia de conquista de novos mercados e contribuindo para aumentar a internacionalização da empresa. Já temos uma equipe na China, que vai atuar em conjunto com nossos escritórios no Brasil, cuidando para que esses excelentes contatos evoluam em parcerias e permitam a realização de negócios”.

Os países da África também fazem parte dos planos de internacionalização do DOT digital group: “ na CIIE tivemos a oportunidade de participar de uma reunião com o Ministro do Comércio Exterior de Angola e mantivemos outros contatos com representantes da União dos Estados Africanos (UA), que faz parte da estratégia de internacionalização do DOT. O mesmo acontece em relação à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), com sede em Lisboa. Hoje temos uma empresa do grupo estabelecida em Portugal e direcionamos nossa expansão para os países de línguas francesa e inglesa, porque nossa Plataforma de Educação é multi-idiomas. Também voltamos nossa expansão em espanhol para a América Latina e em breve teremos no idioma árabe”.

 

Matéria publicada originalmente em Comex do Brasil.

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT