Percursos de Aprendizagem para a sua Estratégia de Formação

Os Percursos de Aprendizagem fazem parte do extenso leque de estratégias de formação digital. Como o próprio nome sugere, o conteúdo está inserido num percurso educacional que leva o aluno a aprender de uma flexível e dinâmica.

 O conteúdo dos percursos é definido de acordo com o interesse do aluno em aprender um determinado tema, o que promove uma aprendizagem personalizada, dinâmica e contínua

Porquê utilizar Percursos?

 

20171120_trilha_de_aprendizagem_banner-case-negocio-certo

O Programa Negócio Certo foi inicialmente estruturado para capacitar o empreendedor desde a primeira etapa: ideias de negócio, viabilização da ideia, contabilidade, enfim, uma sequência de temas que compunham a estruturação do negócio.

20171120_trilha_de_aprendizagem_icone-desafioDESAFIO

Ao mesmo tempo, o Sebrae tinha a necessidade de agilizar o atendimento presencial e ser assertivo na consultoria, a fim de sugerir caminhos de conhecimento já estruturados na educação digital.

SOLUÇÃO

Desenhar Percursos de Autoatendimento para configurar caminhos alternativos e flexíveis que fossem ao encontro das necessidades dos empreendedores e empresários de diferentes áreas, apresentando conteúdos de acordo com as necessidades nas mais diversas áreas (marketing, gestão de recursos humanos, formação de preços, ideias de negócio etc.)20171120_trilha_de_aprendizagem_icone-solucao,  Assim sendo, foi necessário implementar um questionário de diagnóstico que identificasse o ponto de situação do aluno e em que área de negócio estava o seu problema ou a sua dificuldade. Só depois desta fase é sugerido o Percurso que o aluno irá seguir de forma autónoma e com liberdade podendo navegar e consumir os conteúdos conforme quiser.

O DOT digital group concebeu um sistema gamificado que auxilia o SEBRAE e reconhece o trajeto do empreendedor no consumo de conteúdos que fazem parte duma rota alternativa e que maximizam o desempenho. Os monitores e tutores também participam neste projeto acompanhando o desempenho e auxiliando os alunos.

RESULTADO20171120_trilha_de_aprendizagem_icone-resultado

Três modalidades de acesso: online, material impresso e USB.  Mais de 406 mil participantes atendidos.

 

20171120_trilha_de_aprendizagem_cta

 

Receba Conteúdos!

Preencha os campos abaixo, logo entraremos em contato!

(Português do Brasil) Onboarding com Realidade Aumentada

Desculpe, este conteúdo só está disponível em Português Do Brasil.

Receba Conteúdos!

Preencha os campos abaixo, logo entraremos em contato!

[eBook] Educação Corporativa 2020 – Hacks e Tendências

Podemos dizer que as tendências são, entre muitas outras definições, apostas para o futuro. São apostas no desenvolvimento daquilo que já é real hoje e não com base em especulações e opiniões aleatórias. Focam-se no que tem movido as pessoas e, por mais clichê que soe, no que tem criado novas soluções para problemas antigos. Tendências são, sobretudo, apostas para aquilo que pode redefinir o futuro e mudar a forma como as pessoas encaram sua relação com o trabalho, com o mundo e com a tecnologia.

Este eBook tem como objetivo apresentar algumas tecnologias que têm impactado a forma como o colaborador aprende, a que chamamos de hacks, por permitirem novas formas impressionantes de transformar a educação corporativa digital. E, apesar de algumas delas já terem aparecido em listas de anos anteriores, a novidade aparece na relação das tecnologias apresentadas com quem as utiliza. O colaborador já não procura apenas por formação, hoje as pessoas querem trilhar o seu próprio caminho de aprendizagem.

As tendências para o ano apontam para três grandes perspectivas do futuro da educação corporativa:

Autoaprendizagem: o colaborador tem autonomia para criar o seu próprio percurso de aprendizagem, e escolher o caminho que deseja traçar de acordo com os seus objetivos.

Aprendizagem adaptativa: diversas ferramentas possibilitam que o percurso de aprendizagem seja adaptado de acordo com as características e o histórico do colaborador. A aprendizagem torna-se mais personalizada.

Automação: a tecnologia já possibilita que ferramentas educacionais conheçam o perfil do aluno para que, através de inteligência artificial e machine learning, as mesmas consigam auxiliar o aluno na criação do seu caminho de aprendizagem (autoaprendizagem) e de forma personalizada (aprendizagem adaptativa).

Estes três pilares entram em consonância com o perfil de colaboradores que estão agora a entrar no mercado de trabalho e que deverá representar a maioria nos próximos anos.

Mais do que oferecer soluções, as tecnologias apresentadas procuram promover possibilidades.

Saiba mais no nosso novo eBook, aqui.

Fale com nossos especialistas, nós podemos ajudar!

Receba Conteúdos!

Preencha os campos abaixo, logo entraremos em contato!