(Português do Brasil) [Na mídia] Referência em tecnologia para educação, DOT digital group aposta na internacionalização

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese and European Portuguese.

Get Content!

Sign up and receive exclusive content produced by DOT.

(Português do Brasil) [Na mídia] Delegação empresarial da FIESP e do CIESP faz balanço de missão à China

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese and European Portuguese.

Get Content!

Sign up and receive exclusive content produced by DOT.

(Português do Brasil) [Na mídia] DOT digital group, de Florianópolis a Xangai para conquistar o mundo com tecnologia de ponta

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese and European Portuguese.

Get Content!

Sign up and receive exclusive content produced by DOT.

MarTech: por que os profissionais de marketing precisam estar preparados para essa tendência

Por Luiz Alberto Ferla*

A tecnologia tem provocado o que muitos chamam de revolução digital. Na prática, ela tem transformado os modelos tradicionais de negócios e a forma das empresas e pessoas se relacionarem. Para a área de marketing, há um consenso que essa transformação de cenário passa, necessariamente, pelo uso de tecnologias que tornem as campanhas cada vez mais assertivas e eficientes para conquistar e fidelizar clientes.

No Brasil, mais de 90% dos profissionais de marketing concordam (total ou parcialmente) que o uso da tecnologia representa uma estratégia fundamental para criar campanhas voltadas a conquistar os consumidores do século 21, de acordo com uma recente pesquisa sobre MarTech (Marketing Technology), publicada pelo DOT digital group.

O mesmo estudo mostra, no entanto, que apenas 25% dos profissionais de marketing conhecem o conceito de MarTech – o qual prevê o uso de tecnologia associada à análise de grandes volumes de dados para criar campanhas mais adequadas e customizadas ao público-alvo. Estes dados mostram que 75% dos marqueteiros brasileiros precisam preparar-se para essa tendência, se quiserem permanecer no mercado em médio e longo prazos.

O grande diferencial de MarTech, em relação às ferramentas tradicionais de marketing está na possibilidade de criar campanhas baseadas em dados fiéis, micro segmentados e dirigidos, gerando assim resultados mais assertivos e com investimento menor. A análise de grandes volumes de dados permite ainda medir, mensurar e realizar ajustes constantes, mesmo quando a campanha já está no ar. Ou seja, a medição da assertividade ocorre em tempo real, por meio de ferramentas de performance que possibilitam antecipar ou até mesmo mudar a estratégia em curso, dependendo dos efeitos alcançados.

Em países como Europa e Estados Unidos, o conceito de MarTech já está bastante difundido e as expectativas são de que, ao longo de 2017, um número crescente de empresas no Brasil deve aderir ao modelo. O que passa pela necessidade de profissionais cada vez mais capacitados.

Na prática, os profissionais de Marketing que conhecerem a fundo as ferramentas de MarTech tendem a ganhar uma vantagem competitiva de mercado e serem cada vez mais valorizados pelas organizações. E você, está preparado para incorporar MarTech ao seu cotidiano?

 

img_LAF_center

 

Luiz Alberto Ferla é CEO do DOT digital group

 

Get Content!

Sign up and receive exclusive content produced by DOT.