Anywhere Office: a nova filosofia do mercado de trabalho

Início/Educação/Anywhere Office: a nova filosofia do mercado de trabalho

 

O movimento natural do mercado, assim como a pandemia, aceleraram tendências de trabalho com a chegada de modelos mais flexíveis, como é o caso do Anywhere Office

Esse modelo possibilita ao profissional mais autonomia nas suas escolhas, especialmente sobre quando e onde deseja desempenhar suas atividades. 

Assim, o anywhere office se destaca pela sua filosofia simples de que o trabalho é uma atividade, e não um lugar

Esclarecendo o Anywhere Office

Em sua tradução literal, o termo significa “escritório em qualquer lugar, com o princípio de que o colaborador precisa apenas de um espaço confortável, uma boa conexão com a internet, e um aparelho digital em mãos para executar suas atividades. 

Afinal, por que limitar o ambiente de trabalho para a sua casa? Por que não expandir fronteiras e levar as suas responsabilidades para onde quiser?  

Diferente do home office, que tem como premissa o trabalho em casa, esse modelo dispõe ao colaborador mais do que apenas o conforto de sua casa, mas cabe a ele a decisão de escolher de onde trabalhar e conforme os seus interesses.

Sendo assim, o anywhere office chega ao mercado como uma solução para as empresas com uma cultura interna mais inovadora e flexível

Por que é uma tendência no mercado de trabalho?

Apesar de o home office e/ou sistema híbrido ter se mostrado eficaz para muitos profissionais e empresas, nem todas as pessoas possuem em casa um ambiente tranquilo e conveniente para a realização das suas tarefas.

Diante disso, a ideia de work from anywhere WFA – é proporcionar às pessoas a oportunidade de trabalhar de onde quiserem. Assim, o colaborador pode realizar suas tarefas com mais flexibilidade, produtividade, criatividade e consequentemente felicidade.

Uma vez que as pessoas querem mais tempo para aproveitar a família e os amigos ou para fazer um curso para otimizar a carreira, optar pela flexibilização do trabalho oferece aos colaboradores mais equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

blog-dot-digital-group-as-principais-tendencias-educacao-corporativa-digital-2022.png

Futuro do trabalho requer flexibilidade, saúde mental e estímulo a jovens

A pandemia redefiniu ou intensificou muitas tendências para o futuro do trabalho, a começar pelo trabalho remoto, o que reflete em relações mais flexíveis.

Já que pesquisas apontam que a geração nascida até meados da década de 1990 possui forte queda em preferir atividades que permitam flexibilidade de horário. Mais de 60% dos entrevistados responderam positivamente nesse sentido. 

Diante disso, empresas precisam repensar a exigência de uma carga horária fixa para reter talentos. No entanto,  atenção, é preciso calma e maturidade ao analisar essa tendência.

Temas relacionados às questões de qualidade e bem estar das pessoas devem ser priorizados pelos setores de RH das empresas que querem reter bons funcionários e adotar esse sistema flexível de trabalho. 

Logo, estar atento a esses assuntos e oferecer as melhores soluções para os profissionais desempenharem as suas atividades dá a organização uma vantagem competitiva no mercado, uma vez que o colaborador se sente muito mais motivado, comprometido e engajado. 

Confira os benefícios do anywhere office:

  • Reduzir os níveis de estresse
  • Aumentar a produtividade
  • Trocar experiências e fazer networking
  • Economia de recursos
  • Mercado mais amplo de profissionais
  • Mais flexibilidade
  • Otimização do tempo
  • Estímulo à criatividade

Como implementar anywhere office na cultura da sua organização

Uma das áreas mais impactadas pelo anywhere office é o setor de Recursos Humanos. Além de precisar promover uma mentalidade de transformação e cultura organizacional, também deve garantir a comunicação direta e sem ruídos entre toda a organização.

Portanto, é preciso uma reestruturação completa, levando em conta:

  • O perfil dos profissionais da sua empresa;
  • O perfil dos gestores e sua capacidade de aderir ao modelo.

A parte estrutural também é uma necessidade para que o anywhere office funcione corretamente. Por isso, a adaptação é um processo que vai muito além do que criar um canal no Slack para a empresa ou um Zoom corporativo.

6 estratégias para adotar esse modelo de trabalho

Aperfeiçoe a comunicação interna 

Adote ferramentas tecnológicas, faça reuniões e eventos de alinhamento, mantenha a transparência, centralize as informações, forneça feedbacks e saiba como lidar com conflitos.

Desenvolva a confiança no time

Dê controle aos profissionais, compartilhe responsabilidades e benefícios. Os colaboradores precisam entender o seu papel dentro da empresa e como alcançar sucesso.

Reforce a cultura da empresa

Aposte em uma excelente gestão de pessoas, invista em treinamentos internos e conheça o perfil dos colaboradores.

Aposte nas melhores ferramentas de comunicação

Encontre uma maneira de manter a vida social compartilhada no escritório físico de maneira digital, para isso existem ferramentas como o Slack, Hangouts, Microsoft Teams, entre outros. 

Invista em programas de incentivo para o anywhere office

Incentive os colaboradores investindo em programas de desenvolvimento, saúde e bem-estar, essas são maneiras de mostrar que os gestores estão de olho nas atividades e que reconhecem o comprometimento.

Monitore o desempenho do time

Aposte na estratégia de análise de dados para conferir os níveis de produtividade, desempenho, turnover e lucratividade. 

blog-dot-digital-group-sistema-hibrido-como-garantir-capacitacao-para-forca-de-trabalho.png

Na prática com o DOT Digital Group

Antes mesmo da pandemia em nossas políticas já haviam critérios de como fazer o trabalho a distância, ainda que em ocasiões pontuais. 

“Nosso conceito é que as pessoas têm autonomia e responsabilidade, gerando a autogestão e, assim, elas se adaptam melhor ao anywhere office”, explica a Gerente de Pessoas e Cultura do DOT, Ana Paula B. Lehmkuhl.  

Para que as empresas adotem modelos mais flexíveis de trabalho é preciso que estejam dispostas a mudar e a dar mais liberdade aos seus colaboradores permitindo que se sintam seguros e confiantes, sem muitos mecanismos de controle.

Segundo a Gerente de Pessoas e Cultura, “o DOT sempre trabalhou com confiança”, e ainda relata que “na mesma intensidade em que as empresas falam desses novos modelos de trabalho, gostaria que estivessem falando sobre confiança”.

Ana Paula alerta que sem confiança, nenhum modelo de trabalho funciona, “é necessário confiança entre as partes, caso contrário o trabalho não flui”, justifica. 

Ou seja, é importante deixar claro o que a empresa ou organização espera de seus colaboradores e o que eles precisam entregar. 

Para isso, crie um ecossistema de colaboração entre as pessoas, isso facilita toda a mudança. Por meio da colaboração e do trabalho em equipe, soluções são encontradas e melhorias são feitas com frequência. 

Portanto, as empresas que prezam a cultura do individualismo terão dificuldades em se adaptar às mudanças necessárias para implementar o anywhere office.

É importante estar com a mente aberta, assim entende-se as novas possibilidades percebendo que aquilo feito anteriormente já não funciona mais. 

A Gerente de Pessoas e Cultura do DOT também orienta que as empresas optem por um modelo que seja pertinente às suas políticas e não só acompanhe o que o mercado tem feito. 

Afinal, à medida que novos modelos de trabalho vão surgindo, espera-se a criatividade dos RHs que precisam encontrar novos meios de atrair, reter, engajar e desenvolver seus colaboradores.

Além disso, Ana Paula menciona a importância de conhecer bem os perfis das pessoas que formam a força de trabalho, dessa maneira, é possível gerar conexão mesmo a distância entre os colaboradores e a organização.  

Como isso impacta na relação com a Educação Corporativa Digital

Adotar uma nova cultura é um desafio dentro das organizações, pois é necessário estudar e avaliar as necessidades de estruturação para esse novo modelo. 

Além disso, o setor de treinamento e desenvolvimento precisa encontrar soluções digitais eficientes que atinjam os objetivos e necessidades dos colaboradores e da empresa.

Logo, uma boa opção para as grandes empresas é a criação de uma Universidade Corporativa Digital para sua força de trabalho e um dos seus benefícios é a redução de custos com capacitação, por exemplo.

Uma universidade corporativa é uma instituição educacional dentro de uma corporação – normalmente empresas de grande porte e que necessitam de capacitação em larga escala, pois oferece atividades de aprendizagem e desenvolvimento sob medida para os colaboradores de acordo com seus interesses e necessidades.

Portanto, esse é um modelo de Educação Corporativa Digital que ajudará a assegurar que todos os trabalhadores recebam instrução qualificada sobre metodologia de trabalho, operação em equipe e também cursos personalizados sobre determinados tópicos, incluindo técnicas de gestão ou mesmo empreendedorismo.

Deste modo, a universidade corporativa se destaca como ferramenta estratégica para uma organização atingir seus objetivos. 

blog-dot-digital-group-guia-completo-para-montar-universidade-corporativa-digital.png

Organizações são formadas por diferentes perfis de profissionais, portanto é necessário avaliar e considerar quem são essas pessoas e como preferem  se capacitar. Existem muitos formatos flexíveis e personalizáveis para atender as necessidades de aprendizagem

Outra boa opção é a produção de cursos online que podem ser personalizados conforme os interesses do cliente. Esses cursos são hospedados em uma plataforma de LMS que pode ser a sua própria plataforma ou então o Studion.mx que você encontra em nosso portfólio. 

Assim, o curso online pode ser produzido por meio de trilhas de aprendizagem, podcasts, vídeos, games, e-books, infográficos, one page learning, pílulas de conteúdos e outras estratégias educacionais. 

Recursos de gamificação que exploram técnicas de psicologia comportamental para aumentar o engajamento dos colaboradores também são uma boa solução digital para sua organização.

Veja como escolher soluções digitais para capacitação de qualidade

5 tecnologias para uma capacitação de qualidade 

Microlearning:

O conteúdo é entregue na forma de “pílulas” de aprendizagem, em módulos com curta duração e pode ser distribuído em diferentes formatos. 

Gamificação:

Pode ser eficaz na construção do engajamento dos colaboradores – um jogo pode substituir um questionário ou teste e pode ser igualmente eficaz para avaliar a compreensão.

Immersive learning:

São métodos de treinamento que envolvem todos os sentidos e permitem que os alunos assimilem novas informações e as retenham por mais tempo do que quando usadas as metodologias tradicionais.

Mobile learning:

Com o crescente aumento dos usuários de smartphones utilizar dispositivos móveis como plataformas para viabilizar o aprendizado permite vantagens em relação a mobilidade personalização dos cursos.

Social learning: 

É o compartilhamento de informações por meio de discussões em aplicativos de mídia social. As empresas claramente se beneficiam quando o conteúdo informal dos colaboradores contém ideias úteis e soluções de problemas.

Gostou das nossas dicas? Faça um diagnóstico educacional e crie estratégias de aprendizagem online para o seu negócio. Clique aqui para entrar em contato com nosso time de especialistas

 

2022-03-28T17:35:42-03:00