[Videocase] Banco Mundial reduz em até 30% os custos com capacitação com b-learning

B-learning, ou blended learning, é a estratégia que une a educação presencial com a online. Para o Banco Mundial, fonte global de assistência para o desenvolvimento, que atua em cerca de 187 países, esta estratégia foi a que melhor encaixou no desafio de capacitar e desenvolver os treinamentos pelo mundo todo.

O público-alvo são as entidades que desejam submeter projetos de financiamento no Banco Mundial. Confira mais sobre o case:

Desafio

Capacitar as pessoas que representam estas entidades e precisam submeter projetos ao banco.

Para que o processo seja mais assertivo o Bano Mundial se propõe a capacitar pessoas que participarão do processo de submissão de projetos. No programa 100% presencial o treinamento durava 4 dias, e era focado em questões teóricas para um público espalhado pelo Brasil. Um processo limitado, demorado e muito caro!

Solução

Dividir o processo em duas porções: online e presencial. Esta divisão permitiu criar 2 etapas no projeto.

Etapa 1:

Desenvolver um curso online, com a metodologia Blended Learning, onde os participantes passaram a ter acesso a um conteúdo leve, moderno, com design responsivo e multiplataforma.

Etapa 2:

Participantes aprovados na etapa 1 seguem para etapa presencial, pois foram qualificados anteriormente.

Videocase

Confira os detalhes do sucesso deste case e o depoimento do Eduardo França, especialista em gerenciamento financeiro do Banco Mundial.

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT