Tecnologia para a Educação no setor da Saúde

Neste Intelligent Report sobre o setor da saúde você vai conhecer  dados importantes para a tomada de decisão, os agentes que participam deste mercado e quais as melhores estratégias de Educação Corporativa para o setor da saúde.

20180307_dotcm_card_irsaude

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

4 razões pelas quais seus colaboradores vão preferir microlearning

A estratégia de microlearning se provou extremamente popular entre colaboradores que já não querem passar horas em entediantes ambientes de aprendizagem. Enquanto a maioria fica empolgada em desenvolver novas habilidades, métodos tradicionais organizacionais de ensino frequentemente falham na tarefa de manter os alunos interessados e engajados.

Então, o que você pode fazer para mantê-los interessados?

Microlearning – A nova tendência em aprendizagem

Em sua forma mais básica, Microlearning é uma estratégia de distribuição de conteúdo em pílulas de aprendizagem, que torna o processo de absorção de informações mais flexível e efetivo.

 

Essa abordagem é obsoleta: o microlearning abre espaço para personalização de planos de desenvolvimento, o que dá para as pessoas uma experiência mais relevante para seu conhecimento.

 

Em um mundo onde aparelhos móveis são o centro da vida, não é surpresa que colaboradores mostram preferência por opções curtas e móveis de aprendizagem.

Pelo fato de o microlearning ser curto e sucinto, os colaboradores podem estudar sempre que tiverem tempo ou sempre que precisarem.

 

O microlearning se afasta completamente dos métodos de ensino ultrapassados. Quem pensa o microlearning usa recursos de mídia avançados, como vídeos curtos, narrativas, jogos e prêmios. Na verdade, pesquisadores descobriram que o simples fato de adicionar um elemento competitivo ao aprendizado e ao desenvolvimento aumenta o engajamento do aluno.

 

O microlearning é quase milagroso no que diz respeito a sua habilidade de estimular a autoconfiança. Quando os cursos são curtos, propriamente indicados e focados em um único objetivo, membros da equipe conseguem obter mais informações necessárias ou instruções em apenas alguns minutos.

 

Capacitar seus funcionários para que façam os respectivos trabalhos de forma autônoma tem um impacto surpreendente no engajamento e retenção – sem mencionar a eficácia e a produtividade em geral.

Não importa em qual segmento o seu negócio está inserido, haverá exigências de educação e treinamento de sua equipe. Utilize estratégias de microlearning como parte do seu mix de educação corporativa.

Conheça os mitos e as verdades sobre Microlearning no nosso ebook:

 

Este texto é uma adapatção desta fonte: <https://litmosheroes.com/blog/inspiration-ideas/4-reasons-employees-prefer-microlearning>. Acesso em: 5 abr. 2018.

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

Simulador de Educação Postural no Campo

O curso de Educação Postural no Campo do SENAR orienta sobre a importância da postura na realização das atividades diárias, promovendo mudanças na realização das tarefas, proporcionando conforto, segurança e a prevenção de lesões na coluna.

Dentre as ferramentas de aprendizagem, o DOT digital group desenvolveu um simulador que possibilita a reflexão do aluno sobre a postura em diversas situações. No simulador é possível corrigir e propor a melhor postura para a atividade sugerida, promovendo a reflexão e o senso crítico do aluno.

JÁ SÃO MAIS DE 6 MIL MATRICULADOS NO CURSO QUE INFORMA, PREVINE E REDUZ OS ACIDENTES E DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO RURAL.

 

20180307_dotcm_card_irsaude

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

Banco Mundial usa plataforma online do DOT para capacitar instituições brasileiras para financiamento de projetos

O Banco Mundial – instituição que é a maior fonte global de assistência para o desenvolvimento, oferecendo cerca de US$ 60 bilhões anuais em empréstimos e doações a 187 país – implementou uma plataforma de ensino a distância no Brasil, fornecida pelo DOT digital group, e voltada a capacitar as entidades públicas e privadas que buscam financiamentos para seus projetos. A iniciativa permitiu dobrar o número de pessoas treinadas, com redução de 30% nos custos.

O curso “Gerenciamento Financeiro e Desembolsos para Clientes do Banco Mundial” teve origem depois de a instituição identificar que os treinamentos presenciais, voltados a capacitar as entidades a escrever e submeter os projetos que precisavam de financiamento, nem sempre tinham resultados satisfatórios. Até então, o processo de capacitação presencial durava cinco dias e estava muito focado em questões teóricas, em vez de debater as particularidades das iniciativas.

A partir dessa percepção, o Banco Mundial optou pela adoção de um modelo híbrido de treinamento para as instituições que querem se preparar para solicitar um financiamento de projeto, com um conteúdo teórico online, fornecido por meio de uma plataforma de ensino a distância, e atividades presenciais, nas quais mentores esclarecem dúvidas e debatem temas práticos do projeto.

O primeiro passo da migração para esse novo modelo de curso foi identificar um fornecedor que oferecesse a tecnologia e o conteúdo para a implementação do sistema de ensino a distância. Após avaliar diversos provedores, a instituição optou pelo DOT digital group, por conta do conhecimento da companhia – que atua há 20 anos no mercado de e-learning no país – e do projeto apresentado, que atendeu às necessidades específicas do Banco Mundial.

“Logo de início, o DOT foi bastante ágil e conseguiu entender nossas demandas, apesar de toda a complexidade da nossa operação. Percebemos que, após os primeiros feedbacks, o time do DOT compreendeu nossa real necessidade e rapidamente pudemos fazer os ajustes necessários para disponibilizar o treinamento da melhor maneira possível”, afirma Eduardo França, Especialista em Gerenciamento Financeiro no Banco Mundial.

No projeto, o DOT digital group ofereceu a plataforma tecnológica, o design instrucional dos conteúdos, assim como os mentores voltados a adaptar as necessidades do Banco Mundial para o curso online.

Expansão para América Latina e Caribe

E, graças ao sucesso obtido com a plataforma de Ensino a Distância, a instituição vai expandir, em 2017, o mesmo formato de cursos híbridos para os demais países da América Latina e Caribe.

O projeto de internacionalização desenvolvido pelo DOT digital group prevê a adaptação dos conteúdos do curso “Gerenciamento Financeiro e Desembolsos para Clientes do Banco Mundial” para espanhol e inglês. A plataforma vai ser capaz de identificar o país de origem do usuário e, automaticamente, oferecer o curso na língua de origem. Além disso, a iniciativa contempla a adaptação dos treinamentos para demandas e necessidades pontuais de cada país.

“Esse projeto de internacionalização da plataforma de ensino a distância para o Banco Mundial representa hoje um importante marco na história do DOT digital group, na medida em que valida nosso trabalho sob a ótica de uma das instituições mais respeitadas do mundo e que tem um importante papel no desenvolvimento de países como o Brasil”, afirma Luiz Alberto Ferla, CEO do DOT digital group.

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

[Videocase] TIVIT expande academia Techno TIVIT e capacita mais de 7 mil colaboradores

A necessidade de oferecer uma capacitação constante aos seus profissionais levou a TIVIT, líder em serviços integrados de tecnologia na América Latina, a investir em tecnologias para a educação a distância e expandir a academia TECHNO TIVIT, que abrange programas para a formação dos profissionais de TI da companhia.

Veja o depoimento da Kelly Rickes, Gerente Geral de Desenvolvimento Organizacional da TIVIT, sobre este case DOT digital group.

 

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

8 tendências para a Educação Corporativa em 2018

A educação corporativa se desenvolveu a ponto de adquirir status de área estratégica dentro das instituições. Criada para ajustar as necessidades de negócio, hoje a educação dentro das organizações também serve para captar as mudanças de mercado na velocidade em que elas ocorrem, principalmente por conta da revolução tecnológica.

Acompanhar as tendências e aplicá-las no negócio já não é o bastante. Nos dias de hoje, os fatores investimento e resultado são primordiais para que programas de capacitação aconteçam.

8 tendências

Confira no nosso novo ebook as estratégias de EdTech (Education Technology) que vão nortear a educação corporativa em 2018, baseadas em tendências de comportamento humano e inovação tecnológica.

 

20171128_dotcm_card_ebook

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

Simuladores para capacitação e treinamento

Simuladores são ferramentas digitais que auxiliam a emulação de atividades com alto grau de realismo.
A capacitação em simuladores digitais proporciona enormes vantagens do ponto de vista financeiro, já que não há desperdício de insumos e materiais com o uso de equipamentos reais.

Do ponto de vista do aluno, proporciona segurança, ao eliminar riscos de operação, e, principalmente do ponto de vista da aprendizagem, incrementa a forma de realizar a capacitação mediante diversas repetições num ambiente que espelha fielmente a realidade.

Realidade Virtual e Realidade Aumentada

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

Simulador de educação corporativa: saiba qual o modelo ideal para a sua equipe

Oferecer um programa interno de capacitação e treinamento, que tenha qualidade e seja efetivo no desenvolvimento dos colaboradores e da cultura organizacional, tem influência direta na criação de oportunidades e no sucesso de uma organização.

Antes de iniciar esse projeto, é importante ter bem claro o seu objetivo educacional. Para isso, é preciso definir:

aviao_3O conteúdo precisa ser facilmente lembrado?
É importante que o aluno seja capaz de explicar com suas próprias palavras o que aprendeu?
O aluno precisa estar apto para a tomada de decisão?
É preciso treinar uma habilidade manual?

Agora que você já esclareceu alguns pontos, acesse o nosso simulador e confira o modelo ideal de capacitação para a sua empresa.

simulador

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT

Conheça o DOT Digital Learning – EAD gamificada, versões App e web!

A era mobile já está consolidada e os smartphones e tablets são o eixo para capacitação e treinamento corporativo. Ao pensar no dinamismo do mercado e na agilidade do aprendizado, o DOT desenvolveu o DOT Digital Learning (DDL), uma plataforma que possui as versões app e web, com a função de estruturar o material educacional para processos de educação e capacitação a distância.

Diferente de um LMS, que é mais robusto, o DOT Digital Learning (DDL) está totalmente conectado com a estratégia de microlearning, além de oferecer: a) mobile first (69% dos internautas no Brasil, em 2016, acessaram pelo smartphone); b) flexibilidade para criação e consumo; e c) melhor adaptação aos interesses e atividades do aluno.

E como não poderia deixar de ser, o DDL está alinhado com a gamification, abordagem aprovada em várias indústrias e já madura em procedimentos de capacitação e treinamento. A gamification se integra à educação a distância ao trazer técnicas de engajamento validadas massivamente na indústria de games.

Para saber mais sobre o DDL, confira as palavras do CEO do DOT digital group, Luiz Alberto Ferla.

 

Qual o grande diferencial do DDL?

Ferla – Ser uma plataforma prioritariamente pensada para dispositivos móveis, uma alternativa a LMSs, que pode receber conteúdos dinâmicos sem se limitar a estruturas curriculares rígidas, em vez disso, permite adaptações e regras flexíveis.

Precisa ser assim porque os tempos mudaram e são exigidas novas abordagens de ensino a distância, como o microlearning, pelo qual as pessoas preferem aprender em pequenas “pílulas” diárias de conhecimento quando contam, em qualquer lugar, com alguns minutos livres.

 

O DDL é enxuto:

Disponibiliza objetos de aprendizagem integráveis pelos próprios alunos à medida que as demandas e os interesses destes vão aparecendo, mas dentro de um programa com objetivos de aprendizagem.

gif1_v2

Que tipo de conteúdos se adequam ao DDL?

Ferla – Conteúdos curtos e relevantes, estruturados a partir de uma estratégia de microlearning, que provê informações rápidas e just in time, na medida da necessidade e da dúvida do aluno. Quanto ao formato, o DDL comporta vídeos, podcasts, infográficos, ebooks, fóruns, quizzes e várias formas de games, arquivos para download, dentre outros que podem ser usados para dar vida a diversos conteúdos em uma mesma experiência educacional.

Qual o papel da Gamification no DDL?

Ferla – Adicionar elementos de jogos a uma plataforma – e isso não significa transformá-la em um game – é uma excelente estratégia para engajar o aluno com seus propósitos.

A gamification proporciona incentivo extra para o consumo dos conteúdos no médio e longo prazo. Nem toda solução desenvolvida para o DDL precisa ser gamificada, mas quem resolver aderir a essa estratégia ganha uma camada a mais de engajamento.

gif2_v2

 

20171120_trilha_de_aprendizagem_cta

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT