Inteligência Competitiva: a necessidade da criação de conhecimentos do contexto de negócio

Inteligência Competitiva (IC), observada do ponto de vista da nova economia baseada no conhecimento, inicia-se com acoleta de informações estratégicas. Isso não significa que as empresas estão competindo para coletar informações estratégicas. Significa simplesmente que elas precisam ter conhecimentos sobre seus clientes, concorrentes, fornecedores, alianças estratégicas, oportunidades e ameaças futuras, a partir das informações que são coletadas nos ambientes interno e externo da empresa. A “criação” de um conhecimento estratégico envolve o desenvolvimento de uma “base de conhecimento” de informações estratégicas que possam ser usadas como um quadro de referência para se avaliar uma nova informação. Neste sentido, é fundamental a existência de um processo de IC para se coletar sistematicamente e diariamente informações, de forma que a base de conhecimento possa ser constantemente atualizada. Da mesma forma, deve-se pressupor que esse processo de inteligência providencie uma avaliação das novas informações, sem deixar de levar em conta o que já se sabe, de forma que executivos seniores de empresas possam tomar decisões empresariais oportunas.

Inteligência Competitiva é um processo analítico do começo ao fim. É um processo que envolve acumulação de conhecimentos e de fragmentos de informações sobre concorrentes, clientes, fornecedores, candidatos a aquisição potenciais, candidatos a joint-ventures e alianças estratégicas (virtualmente toda entidade e evento no ambiente externo à empresa).

Esta informação também inclui eventos econômicos, reguladores e políticos, que possam vir a ter algum tipo de impacto na sua empresa. O processo de IC pega esses fragmentos esparsos de informações e os transforma em conhecimentos estratégicos – conhecimentos sobre atividades históricas, desempenho passado, pontos fortes e fracos, e intenções futuras específicas de outros concorrentes no mercado. É quase como juntar partes de um quebra-cabeça. Não há como adivinhar o quadro final olhando somente para as peças espalhadas do quebra-cabeça.

Todavia, quando se juntam todas as peças, tem-se um quadro completo dos conhecimentos estratégicos do contexto de negócios no qual a sua empresa está envolvida.

Por Prof. Neri Santos Dr. Ing.

Link Original

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT