Crescimento exponencial de usuários da internet impulsiona varejo online, que deve faturar R$28 bilhões em 2013

*Luiz Alberto Ferla

Em 2020, daqui a sete anos apenas, a população mundial estará totalmente conectada. Em apenas sete anos a internet estará acessível até mesmo em partes do mundo onde não há eletricidade ou faltam serviços básicos como água limpa, por exemplo. É o que prevê o presidente do conselho executivo do Google, Eric Schmidt. Se isso soar como utopia, atente para o fato de que até o final deste ano 2,7 bilhões de pessoas – ou seja, 39% da população do mundo, estarão usando a internet. A informação é da União Internacional de Telecomunicações.

A Internet no Brasil atingiu a marca de 102 milhões de usuários no mês de abril. Essa foi a primeira vez que foi contabilizado mais de 100 milhões de usuários únicos no País, no período de um mês. E o crescimento é exponencial. No Brasil um celular é ativado por segundo e, por minuto, são vendidos cinco tablets, 11 desktops e 17 notebooks. O Brasil deve fechar 2013 com cerca de 6 milhões de tablets vendidos. Só de usuários de internet no celular temos hoje um contingente de cerca de 80 milhões de pessoas. É a população inteira da Alemanha, crescendo a taxas chinesas.

Isso cria novas oportunidades, aumentando o volume de negócios na web. Os números falam por si: enquanto o comércio varejista tradicional tem a expectativa de crescimento em torno de 4,5% em relação a 2012, dados da pesquisa WebShoppers, feita pela e-Bit, em 2013, apontam que o e-commerce crescerá 25% neste mesmo período, com um faturamento de R$ 28 bilhões.

As gigantes do e-commerce estão batalhando por consumidores no mercado do varejo online, cada vez mais competitivo. Este mercado não é tão simples, como muitos imaginam – exige conhecimento. Não basta apenas construir um portal, é importante contar com quem entende e pode desenvolver, sob medida para o seu negócio, a estratégia digital que vai fortalecer a presença online da sua empresa, interagir com sua clientela e criar engajamento com a marca. Para conquistar o sucesso na web é necessário planejar uma estratégia de marketing com conhecimento nos concorrentes, isso vai dar à sua empresa vantagem competitiva. Parece impossível saber quem acessa o site do seu concorrente e qual é a origem de seu público consumidor – mas não é. Existe ferramenta para este estudo e isso vai fazer a diferença.

Para esta análise, a ferramenta indicada é a SimilarWebPro, capaz de apontar onde estão e como atuam os concorrentes de qualquer empresa, de forma clara e sem mistificação. A análise competitiva é o segredo da construção de uma estratégia de marketing. Sabendo quem são seus concorrentes, o que fazem e como fazem para atrair e fidelizar clientes, fica mais fácil sair na frente e aumentar a lucratividade.

A Talk2, empresa da holding DOT digital group, usou sua experiência em estratégias digitas e editou um eBook que detalha as peculiaridades do marketing digital para o varejo, destacando a importância de um posicionamento na internet e orientando na criação de um pós-venda ideal. A edição traz um guia rápido para a organização de um planejamento digital completo e abrangente.

Este material irá orientá-lo na construção de ações eficazes na web. Apresentará as peculiaridades do marketing digital para o varejo, mostrando as principais vantagens que se tem ao investir na internet.

Acesse eBook: Estratégias Digitais para o Varejo e ótimos negócios no mundo online!

*Luiz Alberto Ferla é presidente do DOT digital group (Knowtec, Talk2, TechFront, DDBR, KeepingUp, IEA e-Learning, SuitePlus, SocialBase), e é Líder Empresarial 2012 (Fórum de Líderes).

Este artigo foi publicado em diversos portais de comunicação, são eles:

JorNow

ItWeb

CRN BRASIL

Vitrine Capital

BrandPress

TI Inside

InformationWeek

EconomiaSC

GEPM

Difundir

 

Receba Conteúdos!

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos produzidos pelo DOT